Músicas

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

PRODUÇÃO TEXTUAL, ANÁLISE DE GÊNEROS E COMPREENSÃO (MARCUSCHI)

              “Os gêneros são, em ultima análise, o reflexo de estruturas sociais recorrentes e típicas de cada cultura. Por isso, em princípio, a variação cultural deve trazer conseqüências significativas para a variação de gêneros, mas este é um aspecto que somente o estudo intercultural dos gêneros poderá decidir.” (MARCUSCHI, 2002)
CONCEITOS:      
- Suporte:  é onde aparece o gênero. Exemplo: papel, computador, outdoor, televisão, rádio.

- Configuração:  é como aparece o gênero.Poem ser:   escritos, orais,  ,  simples ou complexos e  híbrido (composto por vários recursos de linguagem).


- Gêneros: são realizações lingüísticas concretas orais ou escritas, surgem da nossa necessidade, são empíricos.  
O que determina o gênero pode ser a forma, a função, o suporte ou o ambiente em que os textos aparecem. Integram vários tipos de signos verbais, sons, imagens e formas em movimento ou estáticas. Os grandes suportes tecnológicos da comunicação (rádio, televisão, jornal, internet, revista), propicionam gêneros novos. Alguns exemplos de gêneros
: certidão de nascimento, resenha, telefonema, notícia jornalística, crônica, novela, horóscopo, receita, ofício, e-mail, bilhete, aula, monografia, parlenda, rótulos, musica...
    . Alguns aspectos que devem ser observados na produção e uso do gênero textual: 
    . Natureza da informação        
    . Nível de linguagem (formal, informal, dialetal, culta)       
    . Situação em que o gênero se apresenta (pública, privada, solene)         
    . Relação entre os participantes         
    . Objetivos das atividades desenvolvidas  - Tipos textuais: são seqüências lingüísticas e não textos materializados, a rigor, são modos textuais, não são empíricos. Servem para a produção dos gêneros, estão no interior desses. Os tipos textuais são cinco:   
Narração: indica uma ação, tempo, espaço, personagem 
Descrição: é estática, caracteriza lugares, pessoas objetos, sem as impressões 
Injunção: ordens, perguntas, incita a uma ação.
Exposição: define, conceitua.
Argumentação: defende idéias, atribui qualidade.


        O gênero privilegia a natureza funcional e interativa da língua enquanto o tipo textual se preocupa com o aspecto formal e estrutural.
         É importante a prática com gêneros para o processo de letramento do aluno.

                       



2 comentários: